19 agosto 2006

São figos, senhores...

Os bons hábitos nunca se perdem: ontem, o Presidente Cavaco e respectiva primeira-dama foram apanhados em flagrante pelo repórter-fotográfico do Expresso em plena colheita de figos, na quinta do pai dele, em Boliqueime. No estado em que o país se encontra, não é de admirar que até o mais alto magistrado da nação tenha de recorrer a estes expedientes para ter direito a uns pequenos luxos gastronómicos. É a vida, como diria o eng. Guterres quando ainda não era protector dos refugiados. Por este andar, ainda vamos ver o sr. Aníbal a plantar umas couvinhas nos jardins do Palácio de Belém. O primeiro-ministro bem podia seguir o seu exemplo e mandar erguer uns galinheiros em São Bento, como fazia o Professor Salazar: além dos ovos, já tinha para onde mandar os patos-bravos que enxameiam o seu partido...

2 comentários:

Roteia disse...

Pois. Mas o que eu achei tocante foi a relevância nacional e internacional desta notícia, com uma enorme fotografia dominando a 1ª página. Quem se lembraria de uma coisa assim senão o nosso Expresso, sempre em cima do acontecimento, não perdendo pitada sobre cada aparição pública do casal presidencial, desde o Palácio de Belém até Boliqueime? É um chic! Vejam, vejam, ao Aníbal e à Maria nada lhes sobe à cabeça.
Outro aspecto interessante é a elegante produção de moda subjacente à fotografia: ambos de calça branca, adequadíssima ás tarefas de quintal, ele de camisete vermelha, ela completando-o de camisa verde. Desengane-se quem pensa que as cores da pátria são ocasionais em tão ilustres figuras.
Que venha depressa a estátua no centro histórico de Boliqueime, com subscrição pública promovida pelo grannnnnnnnnnde semanário Expresso.

Anónimo disse...

Será Figo Maduro?