26 setembro 2006

Verdades inconvenientes

E se o homem tiver razão?
(Se não conseguir visualizar o vídeo, clique aqui.)

3 comentários:

Anónimo disse...

É claro que o homem tem razão. Há muito que se sabe que o planeta Terra está em risco e a Humanidade também. O que é fantástico é que as "administrações" dos vários e muitos países civilizados têm escondido o facto tal como o têm feito os civilizados e insuspeitos Senhores Comunistas ou pró-comunistas ou pós-comunistas que tanto querem amanhãs cantantes. Veja-se por exemplo em "resistir.org" ou "resistir.info" onde se vem denegando sistematicamente a existência de problemas climáticos. Porquê? Porque uns e outros, e a juntarem-se-lhes temos os alterglobalizados, são tudo faces de uma mesma moeda, a moeda da pós-modernidade geradora das incapacidades de pensar para além dos conceitos herdados da modernidade e de pensar um futuro.

fridericus disse...

De fato, é um problema, e dos grandes! Mas de alguma forma apocalipticamente exagerado; messianicamente em descompasso com a realidade. Nada que o gênio humano não possa reverter.
(Alguns cientistas,baseados em dados que mediram, dizem até que a criação de gado - e seus peidos! - tem maior influência na degeneração do meio ambiente que a ação direta do homem.)

minhoca selvagem disse...

A criação de gado - com peidos em número crescente - é uma acção directa do homem. Resulta do aumento populacional, das condições de saúde dos povos civilizados e da necessidade de fazer muitos lombos assados e, claro, da industrialização iniciada há dois séculos.
Os peidos dos mamíferos da Amazónia diluem-se por entre o cheiro das árvores e flores. Se os homens fossem ainda recolectores o número de peidos humanos e dos outros mamíferos não pestilava a terra...